Como ser um bom profissional de segurança privada

Com o aumento da violência e da criminalidade no Brasil, as pessoas têm procurado se proteger de todas as formas possíveis, por isso, blindam seus carros, colocam alarmes e câmaras nas casas, contratam segurança, enfim, tomam uma série de medidas tentando se proteger.

Esse texto vai falar sobre segurança privada, os famosos vigilantes, cada vez mais comuns em bairros de São Paulo, Porto Alegre e Goiãnia. Eles são contratados pelos próprios moradores, para ficar em um ponto estratégico do bairro e aumentar a segurança daquele local.

Como ser um bom profissional de segurança privada

Aqui vai-se falar sobre as principais características para ser um bom vigilante e porque eles são importantes atualmente na sociedade.

Como ser um bom profissional de segurança privada

Como ser um bom profissional de segurança privada:

Conhecer a legislação:  O primeiro atributo para ser um bom vigilante é o conhecimento básico da Legislação. Para isso, um bom vigilante deve estudar as leis e conhecer muito sobre o Direito Penal, além de outras leis e regulamentos específicos da atividade criminal.

Treinamento contínuo: Além de ser um conhecedor de leis, o bom profissional em segurança privada deve obrigatoriamente passar por algum tempo de treinamento.

Atualmente, a Lei 7.102/83 estabelece que a reciclagem de um vigilante deve ser feita de dois em dois anos, então, já existe regramento para se promover o aperfeiçoamento da qualidade dos vigilantes no Brasil.

Planejamento efetivo: Um terceiro ponto fundamental é o planejamento, não existe nenhuma atividade bem-sucedida sem um bom planejamento e que se concretiza em um plano de ação. Por isso, toda atividade profissional tem que ser planejada.

Planejar é estabelecer métodos e procedimentos, é definir estratégias, é antecipar-se às dificuldades. Planejar é cuidar das coisas importantes antes que elas se tornem urgentes. No planejamento, está escrito que se isso acontecer… faz-se aquilo. Quantas empresas possuem um plano de segurança efetivo?

Isso é fundamental para que o profissional de segurança privada consiga efetuar corretamente o seu trabalho.

Capacidade de tomar decisões rápidas: Para quem pensa em ser um profissional de segurança privada, a capacidade de tomar decisões rápidas é fundamental.  Para isso, é necessário bom senso e raciocínio rápido.

Essas são algumas das melhores características para ser um bom profissional de segurança privada.

 

Um comentário em “Como ser um bom profissional de segurança privada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *