Defesa pessoal – Vale a pena?

Com o aumento da violência, da insegurança e com a falta de capacidade do Estado em garantir o mínimo de uma segurança pública eficaz, as pessoas têm recorridos a diferentes modos de se protegerem, como, segurança privada, vidros blindados, porte de armas e defesa pessoal.

Por isso, esse texto vai refletir sobre se vale ou não a pena investir em uma arte marcial?  Treinar esse tipo de habilidade, é disso que esse texto irá tratar.

Defesa pessoal - Vale a pena

A defesa pessoal só deve ser usada em casos extremos, pois, mesmo os profissionais mais treinados e preparados, podem não conseguir aplicar sua defesa pessoal da melhor maneira e acabarem se machucando, pois, quando se enfrenta uma arma de fogo, mesmo a pessoa campeã da sua luta, por não conseguir imobilizar um assaltante a tempo.

Além disso, os mestres são muitos claros, que a defesa pessoal não deve ser um recurso banal, por isso, não se deve usa-la a todo instante, pois, pode acabar sendo perigoso, para a própria pessoa que aplica-la.

Exemplo

Pegue-se um exemplo, uma pessoa faixa preta, é cercada no caminho de casa por cinco bandidos, tem que se pensar em duas questões nesse caso. A primeira, será que essa pessoa vai conseguir derrubar os cincos bandidos e não ser pega? A segunda é, vale a pena lutar naquele caminho de casa, depois ele não vai acabar se tornando perigoso?

Por isso, que se recomenda usar a defesa pessoal somente em casos realmente extremos, pois, ela é uma arma, a qual, pode ser muito perigosa.

Mas, aprender a defesa pessoal vale sim a pena, pois, pode-se dizer que uma pessoa andando na rua com autoconfiança terá uma chance muito menor de entrar em conflitos e ser alvo de assaltos.

Concluindo, use sim a defesa pessoal na vida, mas use com muita sabedoria. E procure entender que não se trata apenas de “briga” e sim de autoconhecimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *