Quatro sugestões para segurança pública

O Brasil hoje passa por um turbilhão de problemas, tem a crise econômica e moral, já se sabe que vai fechar o ano no vermelho, a crise política, querem o impeachment da Dilma de qualquer maneira, a corrupção, a inflação, enfim, diversos itens para reparar. Sabendo que todos estes problemas podem desaguar na segurança pública preparamos quatro sugestões para segurança pública brasileira.

Agora, apesar da violência escancarada, se fala pouco sobre uma reforma da segurança pública, das propostas que podem diminuir a criminalidade no país. Por isso, esse texto vai trazer 4 sugestões do que mudar na segurança pública brasileira.

Quatro sugestões para segurança pública brasileira

Propostas:

  1. Criação de um Plano Nacional de Redução de Homicídio: Essa é uma proposta urgente, devido a necessidade clara que o Brasil possui de diminuir os homicídios.

Só como um exemplo, o Brasil se encontra no 12º lugar no ranking mundial de homicídios por 100 mil habitantes. Não é uma competição boa para estar no topo.

Para enfrentar essa dificuldade, é preciso criar um Plano Nacional de Redução de Homicídios, priorizando a investigação destes crimes e fortalecendo o controle de armas e munições.

  1. Reforma do modelo policial:

É consenso entre todos os especialistas que estudam o tema da segurança pública brasileira que é necessária uma reformulação do modelo policial, baseado ainda nos anos da ditadura.

Quatro sugestões para segurança pública brasileira

A falta de integração, de capacidade de planejamento e de eficiência das polícias no Brasil são evidentes, basta ver os números e a queixa da população em geral. Por isso, para combater a violência de forma efetiva e melhorar a qualidade do policiamento, é preciso investir em polícias integradas de ciclo completo, as quais, operem na prevenção e investigação de forma integrada, com controle externo forte e autônomo.

  1. Reformulação da Política Criminal e Penitenciária:

Outro ponto muito debatido por especialistas em segurança pública brasileira é a enorme quantidade de presos que o pais possui e como diminuir esse número. Hoje, o Brasil conta com 712 mil presos, sendo o 3º país que mais encarcera no mundo, atrás apenas do Estados Unidos e China.

É obvio que não basta prender mais, é preciso prender de forma correta e racional, encarcerando somente quem comete crimes mais graves e priorizando alternativas penais para crimes mais leves, além de adotar medidas para garantir o controle do estado sobre as prisões.

  1. Revisão da política de drogas: Esse é sempre um tema polêmico de se tocar, mas, é mais do que necessário discuti-lo, pois, a atual política de drogas é pouco clara e sujeita à prisão de usuários e traficantes a critérios subjetivos.

O STF está julgando se o usuário pode ser preso, ou apenas encaminhado para medidas sócios-educativas, seria um avanço, para não lotar ainda mais as prisões com pessoas que não cometeram crime algum.

Essas são algumas sugestões para melhorar o atual sistema de segurança pública, pois, é claro que ele precisa ser reformado, basta ver como anda a segurança no Brasil hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *