Segurança eletrônica, um meio para se proteger

Com a questão da segurança eletrônica cada dia mais em pauta, houve, mais uma vez, o aumento da criminalidade no Brasil, segundo estatísticas do sistema nacional de estatística de segurança pública e justiça criminal – SINESPJC, as pessoas tem procurado diferentes maneiras de se proteger.

Diversas formas de proteção

Então elas acabam se utilizando de diferentes artifícios, visando essa maior proteção, como a segurança privada, morando em residenciais fechados, colocando cães nas residências, enfim, com uma série de medidas.

Segurança eletrônica

Esse texto vai falar sobre uma das medidas mais comuns e porque ela é tão eficaz, que é a implantação da segurança eletrônica e suas várias tecnologias.

A segurança eletrônica, nada, mas é, que um projeto para a colocação de aparelhos eletrônicos visando a maior proteção de um determinado local, pode ser uma empresa, uma residência, um clube, enfim, qualquer local no qual se queira dar uma proteção extra contra invasores.

Essa proteção acontece devido a instalação de câmeras de segurança, sistemas de alarme, monitoramento e controle de acesso, entre outros itens que podem ser usados, conforme a preferência das pessoas.

Como usá-la

O primeiro passo a ser tomado é contratar um consultor de segurança eletrônica, que é quem será o responsável por desenvolver um projeto especifico, chamado “Plano de Segurança“.

Nesse plano, haverá o estudo de vulnerabilidade do local, com todos os pontos possíveis de haver uma invasão, além de outras informações relativas a segurança do lugar.

Posteriormente é feita a instalação dos equipamentos nos locais que o projeto julgar que sejam vulneráveis a invasão. Em seguida são feitos os testes e então inicia-se o monitoramento, não muito complexo nem difícil de ser aplicado.

Como funcionam os equipamentos usados na segurança eletrônica

  • Câmera de segurança:

É o sistema de gerenciamento, visualização e gravação de imagens produzidas pelas câmeras instaladas no local. Pode se encontrar em uma sala fechada ou mesmo na portaria. Geralmente uma pessoa fica responsável por checar as câmeras e assim detectar se há movimentações suspeitas ou não.

Central de Monitoramento de alarme:

Segurança eletrônica

Local onde se encontra todas as informações vindas do sistema de alarme. Neste lugar chegam as mensagens de ativação ou desativação do alarme.

Esse texto falou sobre a utilização da tecnologia para dar uma maior proteção a ambientes que possam ser visados por assaltantes ou ladrões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *