Três drogas e seus efeitos

As drogas diferem muito entre si e agem de acordo com o organismo de cada indivíduo que faz uso delas, ou seja, não é tão fácil prever os efeitos de drogas sobre nosso corpo. No entanto, há estudos que demonstram certas reações comuns. Seguem informações sobre as drogas e seus efeitos no organismo dos usuários.

Três drogas e seus efeitos

Três drogas e seus efeitos: maconha, Crack e Ecstasy

Maconha

Conhecida há muitos séculos por suas propriedades medicinais, a maconha também pode trazer prejuízos. De imediato, ao consumi-la, o que ocorre:

. Diminuição da atividade motora ou agitação, quando há alta concentração de THC;

. Diminuição da temperatura corporal;

. Aumento do apetite;

. Sensação de relaxamento ou, em grande concentração de THC, ansiedade e paranoia;

. Diminuição da memória de curto prazo e capacidade de concentração;

 

Calcula-se que de 5 a 8% dos usuários tornem-se dependentes. Quando há uso intenso durante anos, pode haver diminuição da capacidade pulmonar, mas faltam estudos que comprovem danos ao cérebro a longo prazo. Positivamente, a maconha é usada para auxiliar no tratamento de doenças diversas por ajudar a reduzir a dor crônica.

 

Crack

Questão de saúde pública, o crack provoca em curto prazo:

. Sensações como agitação, prazer, euforia ou irritação, comportamento violento;

. Queimaduras em decorrência da alta temperatura da fumaça;

. Aumento da frequência cardíaca;

. Prejudica atividades cerebrais como pensamento, planejamento e controle de impulsos por inibir a recaptura de certos neurotransmissores.

É uma droga de altíssima taxa de dependência e periculosidade. As substâncias tóxicas costumam provocar diminuição do apetite e desnutrição, acidente vascular cerebral (AVC), dor de cabeça, tonturas, inflamações dos vasos cerebrais, atrofia cerebral e convulsões, isquemias, infartos, problemas no músculo do coração, enfisema pulmonar.

 

Ecstasy:

Os efeitos imediatos são:

. Diminuição da capacidade de raciocínio;

. Aumento da temperatura corporal e batimentos cardíacos;

. Insônia;

. Sensação de euforia;

. Paranoia;

. Desmaios ou vômitos.

Ecstasy pode causar dependência, mas, como o crack, apresenta efeitos de curto prazo perigosos por causa do aumento do número de batimentos cardíacos, que pode levar a um colapso cardiovascular. Em médio e longo prazo, causa diversos danos cerebrais irreversíveis, falhas renais, hemorragias, depressão e ansiedade, problemas cardíacos, convulsões.

O mercado das drogas é um dos maiores desafios hoje para a segurança pública no Brasil e no mundo. Junto com a comercialização ocorre uma série de outros crimes . Contrabando de armas e homicídios estão ligados cada vez mais ao tráfico segundo as estatísticas. Isso é fato.

Porém o lado social e de saúde pública também são afetados. Famílias inteiras são destruídas pelo uso de drogas. O Estado não tem ou não disponibiliza de recursos para um tratamento eficaz que combata o uso de drogas  e seus efeitos nos usuários de maconha, Crack e Ecstasy. Isso joga sobre as forças policiais a responsabilidade de resolver todos os problemas ligados as drogas. Isso gera desgaste para as polícias,  ineficiência no tratamento dos usuários e o fortalecimento do tráfico.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *